Buscar
  • de_somayama

Exemplos nos estimulam ou nos desencorajam na perda de peso?



Exemplos positivos podem nos motivar à prática de hábitos saudáveis, porém muitas vezes podem nos desencorajar quando é acompanhada da ideia de que aquele “modelo” está muito distante da nossa realidade. Existe uma forma melhor para lidar com isso?

Grande parte de nós precisa de alguma ajuda para emagrecer. É uma tarefa desafiadora e tanto a mídia quanto as pessoas com quem convivemos influenciam na forma de encaramos o processo de emagrecimento. Certos cuidados são necessários para filtrar o que é estimulante ou o que é desanimador.

A meu ver, tudo funciona da mesma forma como o hábito de ler palavras de incentivo, frases motivacionais e buscar estímulos para manter o foco. Tudo isso é muito positivo desde que seja equilibrado.

Você alguma vez se sentiu cobrado ou derrotado depois de ler coisas como “Qual é a sua desculpa?”. A verdade é que certos excessos de modelos “inspiradores” (e o hábito de se comparar com eles) podem gerar um sentimento oposto – de incapacidade, que ressaltam autojulgamentos irreais, desmedidos, injustos e depreciativos. E em ambiente corporativo não é diferente.

Eu, particularmente, uso bastante os termos “equilíbrio” e “leveza” e ao longo do meu processo de perda de peso, tal como junto aos meus pacientes-mentorados, percebi a carga que a cobrança traz e o efeito prejudicial que isso causa. Tudo se intensifica quando trata-se de perfis mais controladores, perfeccionistas e com dificuldade de aceitar as próprias falhas e limitações.

Acredito no reconhecimento e acolhimento. Todo processo tem altos e baixos, com dias melhores e outro nem tão legais assim (e está tudo bem!). Se culpar, se castigar, fazer juramentos de mudança só atrapalham.

Então recomendo de que se inspire em grandes exemplos de corpos saudáveis e processos de emagrecimento de sucesso, sem esquecer que tudo é um processo. Não dê espaço para frustrações e amadureça a vontade de aprender com a própria jornada.

Por Dê Somayama

3 visualizações0 comentário