Buscar
  • de_somayama

Hoje eu mereço um doce

Você já repetiu isso naqueles dias difíceis? Saiba que esse comportamento mostra um importante sabotador da sua dieta.


Hoje vamos falar desse sabotador tão comum entre quem quer eliminar peso: a comida como prêmio ou compensação.

Eu mesma sofria disso. Eu tinha uma frase que costumava repetir sempre que tinha um dia difícil no trabalho: “Hoje eu mereço um petit gateau” (risos)

Por anos, em várias ocasiões, parava no caminho para casa e comprava caixa de chocolate, bandejinha de danette, coisas do tipo querendo me compensar de algo na minha vida.

Pois é, esse sabotador faz com que procuremos nos premiar ou compensar de algo emocional através da comida (normalmente doces, mas às vezes pode ser massa, coxinha, etc...) O mais comum é compensar com carboidrato, afinal até hoje não conheci nenhuma pessoa gordinha compensando com salada.

Em geral, essa associação é feita por dois motivos. O primeiro motivo é que os carboidratos se tornam açúcar no nosso organismo e isso momentaneamente nos dá a sensação de prazer. Momentaneamente, ok? Porque o sentimento continua ali e volta com tudo, assim começa a compulsão.

Bom, a segunda razão é que desde pequenos aprendemos a ver alguns tipos de comida como presente. Eu me recordo de uma citação do Alexandre Costa da Cacau Show, falando que seu principal concorrente não era a Nestle, Garoto, etc.; era a Boticário e as lojas de presente, porque era isso que ele vendia, presentes.

Outro exemplo: você já ouviu essa frase quando era criança? “Se você não comer tudo que está no prato, não vai ganhar a sobremesa”

Veja os erros dessa frase. Além de fazer a criança comer algo sem fome, você dá a entender que a sobremesa é um prêmio. Isso se associada em tom de ameaça, adicional uma força emocional que faz com que essa crença fique ainda mais gravada na mente da criança. Se você diz isso para seus filhos e netos, sugiro que pare.


Como sair desse comportamento?

Ao sentir a vontade de buscar comida para se presentear, se premiar ou compensar algo, pare e pergunte-se:

· O que estou sentindo?

· O que estou buscando através disso?

· Será que isso vai ser resolvido com esse alimento?

· Como você poderia fazer para ter respostas diferentes?

· Como você pode ser feliz nessa situação?

· Como você vai lidar com isso para mudar o resultado?

· O que você poderia ter feito de diferente?

· O que mudar em você pode mudar o resultado?

· O que outra pessoa faria nessa situação?

· O que impede você de fazer diferente?

Faça a si mesmo essas perguntas para acabar com a influência desse sabotador.

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo